Quantidade de Páginas visitadas

ATIVIDADES NA ESCOLA

Colégio Agrícola Estadual de Toledo, um grande potencial de ensino e aprendizagem voltado para o agronegócio. A instituição capacita e forma técnicos em Agropecuária desde sua fundação em 23 de dezembro 1987. Milhares de alunos já foram capacitados para enfrentar o dinamismo transformador da produção agrícola do Brasil, em especial do Estado do Paraná. São 22 hectares de área: 14 para produção agropecuária e 8 de edificações educacionais.

A secretaria da escola seleciona e matricula mais de cem alunos por ano. São 350 que estudam em período integral, 75% deles ficam alojados na escola. O estabelecimento oferece seis refeições diárias de segunda à sexta-feira. Para gerir esta demanda, uma funcionária é designada para armazenar e organizar os produtos e contribuir no planejamento do cardápio. Quem estuda no CAET tem à disposição uma equipe altamente qualificada para o ensino, tanto para a parte teórica quanto na aprendizagem prática. São quatro pedagogas e uma diretora pedagógica que coordenam, implantam e implementam as Diretrizes Curriculares, além de participar da orientação e resoluções de problemas relacionados aos discentes.

O setor financeiro mantém um organizada documentação que respaldam os custos da manutenção estrutural da instituição, com relatórios periódicos de entradas e saídas de recursos monetários. No campo, os estudantes têm diariamente aulas práticas que os levam a ter contato direto com o ofício que vão desempenhar. Para isso, a instituição de ensino conta com quatro coordenadores de campo, sendo dois de pecuária e dois de agricultura. O monitoramento dos trabalhos é reforçado por um diretor de Unidade Didática Produtiva.

Professores da Base Nacional Comum e das específicas estão sempre inovando na arte de ensinar, buscam acrescentar atividades diferenciadas para fortalecer e cativar os educandos. A escola recebe rotineiramente palestrantes rurais, como produtores, técnicos, acadêmicos, representantes de associações, entre outros. Entre esses estão algumas parcerias da escola com a Emater, que, em uma de suas contribuições, falou sobre a importância da Agricultura de Precisão.

Os estudantes fazem visitas técnicas em propriedades de variadas produções; também fazem exposições técnicas dos meios produtivos e participam de congressos como o de Ciências Agrárias da Unioeste. A pecuária da Colégio Agrícola tem um vasto campo de aprendizagem: são bovinos, suínos, coelhos, galinhas, frangos, ovinos e caprinos, tudo coordenado diariamente pelos veterinários Francisco Vigne e Keli Libardi. Os animais recebem todos os cuidados necessários para a sua saúde. A alimentação dos animais é feita à base de manejo racional de pastagem e utilização do milho para silagem e preparação de rações e aveia para pastoreio.

Para a rotina na fazenda escola, ainda existe um grupo de alunos monitores que recebem as orientações dos médicos veterinários da escola e colaboram com as atividades nas instalações dos animais para os devidos cuidados. Nos laboratórios de agroindústrias, duas repartições são utilizadas para o beneficiamento e processamento de produtos vegetais e animais: são indústrias que manipulam a cana-de-açúcar, mandioca, frutos, legumes, plantas medicinais, condimentos, conservas, doces e geleias. Em sala específica, os alunos aprendem o processamento de linguiça, salames, defumados e cortes de carneos. Em fase de inauguração, a escola melhorou a instalação destinada à agroindústria do leite, voltada exclusivamente para a produção de doce de leite, bebidas lácteas e alguns tipos de queijos.

Com suas peculiaridades como escola agrícola, o CAET ainda conta com dois tratores, um ônibus e um micro ônibus e outros meios de transporte para suas atividades internas e externas. Dessa forma, a diretora da escola, Simone Fávaro da Silva, sua equipe de profissionais, alunos, pais e instâncias colegiadas trabalham para construírem um ambiente favorável para que o Colégio Agrícola Estadual de Toledo possa crescer e ter a credibilidade de excelência.

Do simples ao complexo, quem tem vontade, conhecimento e fé faz a diferença para o crescimento de todos.

COLÉGIO AGRÍCOLA, UMA INSTITUIÇÃO QUE AVANÇA, VENCE BARREIRAS E FORMA PROFISSIONAIS DE RESPEITO.

 

Por Roberto Crepaldi Dias - Jornalista













Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito